Bem - Vindos

slideshow

Em 2016 completamos 26 anos.

Tem sido dito que a memória é o único cofre da memória que nele estão guardadas todas as jóias de nossos anos anteriores, assim sendo certamente para mim, a minha jóia mais preciosa é a nossa história. Tantas crianças que defenderam nossas cores, que passearam minha camisola pelo mundo fora, tantas viagens ... tantas pessoas que apoiaram meu projeto, minhas loucuras e meus sonhos.

E agora outro sonho realizado, um projeto que começou muito humilde, mas ambicioso a longo prazo, a Fundação da Escola Internacional de Futebol Ricardo Godoy, em África, já é uma realidade.

Construiu-se a FUNDACION C. ESCUELA INTERNACIONAL DE FUTBOL RICARDO GODOY DE MALI, com numero de escritura 434, com escritórios nas ilhas Canárias.

Atualmente estamos a trabalhar na Aldeia de Sabalibougou em Mali, com as crianças do Centre Sadio Diarra que agora está controlado pela nossa Fundação assinado através de convénio. No futuro este programa irá alargar-se por mais aldeias do país.

CAMPANHAS

Todas as pessoas que estejam interessadas em colaborar economicamente com a campanha solidária de ajuda a Mali ou para apadrinhar uma criança por só 15€ por mês, colaborar com algumas necessidades básicas do Complexo onde vai funcionar a Fundação, por exemplo estamos a trabalhar para realizar a perfuração de 100 metros de profundidade para construir um poço de água, podes colaborar com a quantia que possas com um mínimo de 10€.

Ou, participar ativamente como voluntário/a na campanha “TODOS COM MALI”.

Treinadores de futebol, Monitores desportivos, Professores de Educação física, árbitros, médicos, fisioterapeutas, periodistas, psicólogos, trabalhadores sociais, Bombeiros, Policia, Militares, Enfermeiros, Estudantes.. etc.


Segure minha mão e junta-te a mim nesta nova viagem para que possamos alcançar os sonhos que queremos.

Ricardo Godoy


"Se queres ir rápido caminha sozinho, se queres chegar longe caminhemos juntos, (Provérbio Africano)"

Segura minha mão.

Segura minha mão e segue-me neste sonho
Cada ano surge num campo verde
com linhas de cal, com estrategias e passes
marcando um golo e sorri demonstram
que se conseguiu

Segura minha mão e não me acordes
porque eu venho do deserto debuino, da savana do Leão e do Mazai..
Segura minha mão, pois já sou maior de idade..

E caminho tenho corrido, desde o extremo da Argentina.
Com este, a minha bola da paz, um antídoto para qualquer guerra porque
até um de nós pode mandar parar um tanque, poesia, para uma criança
que sonha em chegar a brilhar.

Segura minha mão e acompanha-me nesta viagem pelos sonhos que queremos
alcançar, não importa,
o perigo, a fronteira ou a trincheira, se por ali há uma criança que
ainda nao tenha jogado com esta, a minha bola da paz.

Para ti, pai, que nos faz jogar com esta bola da paz. que teceste no
couro por 25 anos e que tens percorrido um longo caminho,
Obrigado por sempre nos ensinares a ver o lado bom da vida.

Poesia de Ezequiel Godoy Rinaudo

Colaboradores